O Instituto de Computação da Universidade Federal de Mato Grosso, com muito pesar, lamenta o falecimento da sua querida professora Andréia Gentil Bonfante, ocorrido no dia 15 de julho de 2020.


Andréia atuava na área de Inteligência Artificial, mais especificamente Processamento de Linguagem Natural, e, com dedicação e muito carinho, transmitia seus conhecimentos aos nossos estudantes. Também atuava em pesquisa e extensão nessa área e em campos afins, sempre preocupada com aspectos relacionados à sociedade, desde seu ingresso na UFMT, em 2007. Em diversos momentos, atuou junto à Sociedade Brasileira de Computação em nosso estado.


Nos últimos anos, além de diretora adjunta do IC, a doutora Andréia coordenou a Pós-Graduação Lato Sensu em Informática na Educação, oferecida via Universidade Aberta do Brasil para muitos municípios de Mato Grosso. Também integrava comitês na universidade, sempre atuando com seu bom humor, sorriso contagiante, de maneira doce, tranquila e dedicada, marcas de sua personalidade que aplicava a tudo o que fazia.
Andréia era mais que uma professora, era uma colaboradora que ajudava a todos e vivia nosso Instituto. Mais que uma colega de profissão ou chefe, ela é parte da “família IC”. Uma servidora que, com seu olhar humano, tratava a todos com igualdade.


Professores, técnicos e estudantes estão profundamente consternados com essa repentina partida.


E, em união e homenagem à nossa querida amiga Andréia, nos solidarizamos com a dor desta partida, estendendo nossos sinceros sentimentos a todos os familiares, amigos e comunidade acadêmica.
Andréia deixa um lindo legado em nossas vidas, de dedicação, sapiência, alegria e amizade. Assim ela será por todos lembrada. Que ela descanse em paz.